segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Herança de família

O criado mudo das fotos acima é herança de família. Mas ele se encaixa na categoria 'coisas que me foram dadas e que além do valor emocional têm uma ótima qualidade'. Ele está na família há pelo menos 5 décadas. Foi parte do quarto de casada da minha madrinha, depois passou para minha mãe e estava comigo. Madeira como essa não existe mais, nem na natureza. Quando mudei para o novo apê doei uma série de móveis que se encaixavam nas categorias 'comprei e nunca gostei', 'ganhei mas não tenho onde pôr', 'até gosto mas o estado é lastimável, depõe contra'. Mas não deu para abrir mão do criado.

Como não tenho espaço para colocá-lo ao lado da cama (o armário é daqueles que envolvem a cabeceira inteira), pensei em dar novo uso a ele na sala. Agora mil idéias corróem o meu ser sobre o que fazer com ele: pintar? Só lixar e deixar mais rústico? Radicalizar e usar meu spray amarelo? O pior é que bate aquele medão de estragar de vez o coitado.

Vou pensar mais um pouco. Se tivere alguma sugestão, escreva.

Ah... fotos do piso pronto. Na falta de móveis, minha sala parece um salão de baile (guardadas as devidas proporções, é claro).



6 comentários:

Rosana disse...

Arruma um marceneiro bom mesmo e pede a ele para retirar as camadas de verniz antigo que acho que vc vai encontrar um cor linda aí!
Não sei o tamanho, mas pode ser usado como mesa de centro ou mesa lateral? E se trocar os puxadores por algo mais moderno ?
bjos e boa sorte!
Ro
www.simplesdecoracao.com.br

Amanda Abranches disse...

Estou na mesma situação que você aqui em casa. Herdei móveis ótimos (em qualidade) mas em nada parece comigo em estilo. Não estou na condição de desprezá-los, então tb estou estudando possibilidades de mudar a cara deles. Sei que quero eles coloridos, bem do tipo ai que vc falou, ousado... quero um turquessa, outro pink, etc... Havia pensado em laquear, mas achei muito caro..então estou tentando achar outra alternativa, mas tb nao cheguei à outra conclusão! Queria eu mesmo fazer a transofrmação p/ ficar mais em conta, mas fico com medo de estragar tudo, alem da mega bagunça que fará em casa! rs
Se te derem alguma ideia legal, compartilha comigo tambem? Beijos

Lu disse...

Oi Rosana
Obrigada pela dica. Definitivamente serve como mesinha de canto.

Lu disse...

Oi Amanda. Também pensei em laquear, pois parte dos meus futuros móveis terão acabamento laqueado. É caro? Não tenho idéia. Pensei em laquear de preto!! Imagina que chique que ia ficar. Pode deixar que se tiver alguma dica te passo. Obrigada pela visita!

Paula Sanches disse...

Bom, eu sou suspeita pra falar! Mas e manteria nas características originais, só mexeria em verniz, tintura, se fosse pra descobrir como era o móvel quando adquirido lááááá atrás, como eu fiz com meu relógio da sala.
E não me preocuparia em adequar ao estilo da casa: adoro misturar, trazer um pouco da história da família pros dias de hoje. Colocaria num lugar de destaque na sala, onde teria alguma função também.

Lu disse...

Mamma Legs, sabia que a única mão de verniz que ele recebeu foi na origem? Ele é assim mesmo, desde o princípio!